banner

banner

sábado, 25 de março de 2017

Governo do RN desiste de ter cadeias em contêineres

wallber-virgolino
Após anunciar que contêineres seriam usados para abrigar detentos no Rio Grande do Norte, o governo voltou atrás. As estruturas de metal não serão mais usadas. A decisão havia sido tomada em janeiro, após as rebeliões na Penitenciária Estadual de Alcaçuz, que deixaram 26 mortos.
O governador do Rio Grande do Norte, Robinson Faria, havia confirmado o aluguel de 50 módulos habitáveis, com capacidade para 20 presos cada um, que seriam adaptados para servir de cela até a destruição parcial da estrutura de Alcaçuz. Mas, segundo o secretário de Justiça e Cidadania, Wallber Virgolino, isso não vai mais acontecer.
“A parte de presídios já está decidido que não será em contêineres. O governador já anunciou que duas novas unidades prisionais serão construídas em Afonso Bezerra. Essa questão de contêineres em relação à Sejuc ficou apenas na parte do estudo de viabilidade. Agora está fora de cogitação”, disse o secretário.

Nenhum comentário:

Postar um comentário