banner

banner

sexta-feira, 31 de março de 2017

Justiça volta a negar liberdade a acusado de matar fisiculturista no RN

alex
O Tribunal de Justiça do Rio Grande do Norte voltou a negar um pedido de liberdade feito pela defesa do empresário Alexandre Furtado Paes. Ele é acusado de ter matado a fisiculturista Fabiana Caggiano Paes, com quem era casado. O crime aconteceu durante uma viagem de passeio a Natal, em dezembro de 2012.
O novo pedido de liberdade para Alexandre Paes tinha sido feito ao final da audiência de instrução realizada no último dia 21 de março, alegando falta de fundamento para a manutenção da prisão preventiva, a crise no sistema penitenciário potiguar e o excesso de prazo processual. O mesmo pedido havia sido feito em fevereiro e já tinha sido negado pela Justiça.

Nenhum comentário:

Postar um comentário