banner

banner

quinta-feira, 16 de março de 2017

Ministro do TCU será testemunha de defesa de Lula na Lava Jato

lula
O juiz federal Sérgio Moro retoma, nesta quarta-feira (15), as audiências em que ouve depoimentos de testemunhas em um processo envolvendo o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva. Cinco pessoas devem falar. Entre elas, está o ministro do Tribunal de Contas da União (TCU), José Múcio Monteiro Filho, e o ex-ministro do Turismo, Walfrido dos Mares Guia. Todos foram arrolados no processo pela defesa do ex-presidente.
O senador Renan Calheiros (PMDB-AL) também deveria prestar depoimento nesta quarta-feira, como testemunha de defesa de Lula. No entanto, os advogados do ex-presidente preferiram pedir a Moro que dispensasse o senador, o que foi aceito pelo juiz.
Esta quarta-feira marca o fim dos depoimentos de testemunhas neste processo. Na ação penal movida pelo Ministério Público Federal (MPF), os procuradores acusam Lula de ter recebido vantagens indevidas da construtora OAS, por meio de um apartamento tríplex, no Guarujá, litoral paulista, e também pelo pagamento que a empresa fez à transportadora Granero, para que ela cuidasse do acervo do ex-presidente. Todos os envolvidos negam as acusações.

Nenhum comentário:

Postar um comentário