banner

banner

sexta-feira, 31 de março de 2017

Papa Francisco pede à ONU a “eliminação total” das armas nucleares

papa
O papa Francisco afirmou hoje (28) que “a eliminação das armas nucleares é um imperativo moral e humanitário” e disse que “a paz e a estabilidade internacional não podem estar fundadas sobre um sentido falso de segurança”, ao comentar os trabalhos da Conferência das Nações Unidas sobre Segurança e Desarmamento Nuclear que está sendo boicotada pelas grandes potências. As informações são da agência de notícias argentina Télam.
Em uma carta enviada à reunião de cúpula da ONU, que busca a proibição total das armas nucleares iniciada ontem (27) em Nova York, o pontífice ressaltou a sua “preocupação” ante “as consequências humanitárias e ambientais catastróficas derivadas de qualquer uso de armas nucleares, com efeitos indiscriminados e incontroláveis devastadores no tempo e no espaço”.

Nenhum comentário:

Postar um comentário