banner

banner

terça-feira, 25 de abril de 2017

MPRN apóia projeto para ressocialização de presos pela leitura

amo-direito-post-preso lendo
O Município de Caraúbas, através da Secretaria de Educação, firmou parceria com o Centro de Detenção Provisória “Manoel Alves Pessoa Neto” para implantação de uma biblioteca para a ressocialização dos presos.
O projeto intitulado “Na ressocialização do preso pela leitura” foi idealizado pelo juiz Pedro Paulo Falcão Júnior, o promotor de Justiça Rafael Paes Pires Galvão e o diretor do presídio local, Sérgio Ildefonso.
A Cadeia Pública agora dispõe de um sistema de ensino no qual uma sala foi transformada em biblioteca, com o objetivo de proporcionar a ressocialização por meio da leitura e do estudo. O Município disponibilizou um profissional para orientação dos presos no processo das leituras e produção de resenhas.
O preso interessado terá que frequentar a biblioteca, ler livros e escrever uma resenha e, após a correção deste texto crítico da obra, por um professor, será enviado ao Ministério Público Estadual que vai emitir um parecer após uma decisão judicial do processo da execução, para que seja diminuída a pena.

Nenhum comentário:

Postar um comentário