banner

banner

terça-feira, 9 de maio de 2017

Márcia cobra do governo regulamentação de Lei que protege as mulheres

A deputada Márcia Maia (PSDB) cobrou do Governo do RN a regulamentação de uma lei aprovada na Assembleia Legislativa que destina 5% das vagas, nas empresas terceirizadas prestadores de serviços ao Estado, a mulheres vítimas de violência doméstica. Em pronunciamento na sessão plenária desta terça-feira (9) a parlamentar registrou que o número crimes tem crescido no Rio Grande do Norte.

“No fim de semana, 26 pessoas foram vítimas de assassinato. Uma delas foi Lila Carla Chagas, de 25 anos. Ela foi morta em Parnamirim, na Grande Natal, pelo simples fato de ser mulher. Foi mais uma violência de genêro”, asseverou a deputada.


Márcia disse que, segundo dados do Observatório da Violência Letal Internacional do Rio Grande do Norte (OBVIO), 44 mulheres foram assassinadas este ano. Em 2016 foram 31 no mesmo período e em 2015 o número de mulheres assassinadas chegou a 32. Parte desses casos, segundo ela, aconteceu por motivações de gênero.

Nenhum comentário:

Postar um comentário