banner

banner

domingo, 14 de maio de 2017

Nomeação de aprovados no MPRN dependerá das receitas

EUDO LEITE
O novo procurador-geral do Ministério Público do Rio Grande do Norte, Eudo Leite, aponta que diante da atual situação do setor público é impensável contratar um elevado número de servidores, apesar dos déficits em determinados setores. Atualmente o MPRN é composto por 210 membros (procuradores e promotores) e 785 servidores, entre efetivos e comissionados.
Sobre o concurso realizado no último final de semana, Eudo considera que os candidatos aprovados dentro das mais de 20 vagas ofertadas serão convocados dentro do prazo de dois anos – se possível, ainda em 2017. Isso dependerá dos resultados orçamentários.
“Não sabemos ainda o comportamento das receitas para o próximo quadrimestre. Vamos aguardar para saber o momento adequado e oportuno para essas nomeações. É possível que se nomeie logo esse ano, ou não, a depender dessa situação fiscal, como ela vai se comportar”, ressalta.

Nenhum comentário:

Postar um comentário