banner

banner

domingo, 7 de maio de 2017

Xuxa perde ação contra Google sobre buscas de polêmico filme erótico

Xuxa
A 19ª Câmara Cível negou recurso de Xuxa contra o Google, segundo informações da coluna Ancelmo Gois. A apresentadora move, desde 2010, ação pedindo a remoção de buscas de frases que a relacionem a sexo, como “Xuxa pedófila”.
Em 2012, os advogados do Google Brasil defenderam que é tecnicamente impossível atender ao pleito da apresentadora. “Xuxa deveria brigar com quem tem postado as fotos na rede e não com os buscadores”, disse um advogado do Google, de acordo com o Globo Online.
O pesadelo da apresentadora está relacionado com o filme “Amor, estranho amor” (1982), que apresenta uma cena erótica dela com um garoto de 12 anos.

Nenhum comentário:

Postar um comentário