banner

banner

quarta-feira, 23 de agosto de 2017

Advogado João Braz, esclarece sobre decisão da Província em retirar religiosas do Abrigo de Caicó

abrigo
A Diocese nada tem a ver com a decisão de saída das Irmãs de Caridade de nossa cidade.
A saída da Companhia das Irmãs de Caridade de nossa cidade é uma decisão interna da sua Província de Recife por motivo do pequeno número de religiosas hoje existentes, que obriga a Companhia passar por um redimensionamento. Esta realidade das religiosas é mundial.
Em Paris, onde fica a Casa sede da Companhia, também passa pelo mesmo problema.
Nós da Comunidade do Bairro do Abrigo, onde fomos educados na fé e para vida, no que pese o respeito que temos pela decisão do Conselho Provincial, estamos nos mobilizando para que a Província reconsidere sua decisão.

Nenhum comentário:

Postar um comentário