banner

banner

quinta-feira, 31 de agosto de 2017

Herdeiro da Samsung é condenado a cinco anos de prisão

_95027290_leereutersguards
O herdeiro da Samsung, Lee Jae-Yong, foi condenado nesta sexta-feira por um tribunal de Seul a cinco anos de prisão por suborno, desfalque, fuga de capitais e perjúrio. O tribunal do distrito de Seul considerou que o vice-presidente da Samsung Electronics, o maior fabricante de smartphones do mundo, era culpado desses delitos relacionados com o grande escândalo de corrupção que terminou com a destituição da presidente sul-coreana Park Geun-Hye.
De acordo com os juízes, Lee ofereceu vantagens à ex-presidente do país, Park Geun-hye, enquanto ainda estava no cargo, e seu amigo próximo Choi Soon-sil para garantir o apoio do governo para uma fusão que fortalecesse o poder do empreendedor na Samsung e sua marca emblemática, a Samsung Electronics, em um momento crítico.

Nenhum comentário:

Postar um comentário