banner

banner

quinta-feira, 31 de agosto de 2017

Missão de Paz: CBF prepara volta da Seleção com veteranos ao Haiti

Ronaldo e Ronaldinho estão cotados para retornar ao Haiti
A Seleção do Brasil tem boas chances de voltar ao Haiti. Desta vez, com um grupo de veteranos, para marcar o fim da participação brasileira na missão de paz no país caribenho – previsto para 15 de outubro. O amistoso está sendo negociado pelo ministério das Relações Exteriores com a CBF, que deu o sim à iniciativa. Faltam, porém, detalhes como os convites aos jogadores e a organização da viagem.
A intenção é levar ao Haiti atletas que participaram do Jogo da Paz em 18 de agosto de 2004 (ano em que começou a missão brasileira), como Ronaldinho Gaúcho, Ronaldo, Roberto Carlos, Juninho Pernambucano, Roger e Adriano. Alguns continuam em atividade, casos do goleiro Julio Cesar (Benfica) e do atacante Nilmar (Santos). Eles dificilmente poderão ir. O grupo seria completado com ídolos dos haitianos como Cafu e ex-jogadores como o volante Emerson. Técnico do Brasil naquele amistoso em que a Seleção fez 6 a 0, Carlos Alberto Parreira já teria sinalizado positivamente sobre sua participação.
A CBF prefere não falar oficialmente sobre a “missão no Haiti”, pois ainda não está totalmente fechado o “envio de sua tropa”.

Nenhum comentário:

Postar um comentário