banner

banner

quarta-feira, 16 de agosto de 2017

Popó diz que parte para ‘porrada’ se maltratarem seu filho gay

Popo
O pugilista Acelino Popó Freitas, 41 anos, pai de seis filhos, falou recentemente sobre a homossexualidade de seu filho de 17 anos. O lutador revelou que nunca viu problema na orientação sexual do filho e afirmou que defende com os próprios braços a segurança do garoto.
“A sociedade discrimina muito. Tenho certeza que ele vai receber muita rejeição em alguns lugares, mas meu carinho por ele aumentou mais ainda”, disse Popó.
“A gente vê o pessoal na rua batendo, maltratando as pessoas porque elas têm as suas opções. Espero que isso nunca aconteça com ele. E se acontecer, eu vou com a mesma ira pra cima, pra descontar na porrada”, afirmou em entrevista ao UOL Esporte.
A reportagem também conversou com o filho de Popó, por telefone. O garoto lembrou como foi contar ao pai sobre ser gay: “Eu tinha 15 anos. Ele ficou questionando, não conseguia acreditar. Estava na cara dele, todo mundo falava pra ele e ele não acreditava. Mas depois caiu a ficha”.

Nenhum comentário:

Postar um comentário