banner

banner

quinta-feira, 14 de setembro de 2017

Kelps lima critica governo por falta de professores nas escolas

O deputado Kelps Lima (Solidariedade) chamou a atenção do Governo do Estado, durante sessão ordinária na Assembleia Legislativa nesta quinta-feira (14), para a falta de professores na rede estadual de ensino. O parlamentar visitou a Escola Estadual Professora Lígia Navarro, situada no município de Pitangui, em Extremoz e disse que os alunos ainda não tiveram aula de português esse ano.

“A situação da Escola Lígia Navarro não é diferente das demais unidades de ensino do Estado. Estamos em setembro e os alunos ainda não tiveram aula de português este ano por falta de professores. Isso é uma vergonha”, criticou Kelps.

O deputado destacou o relato de um pai que não pode pagar escola particular para filha e nem transporte para estudar em outro município. O deputado fez ainda um apelo à secretária Estadual de Educação, Cláudia Santa Rosa, para que vá pessoalmente à escola a fim de conhecer a situação. “Isso é uma vergonha. A escola está caindo aos pedaços e a Secretaria de Educação não pode permitir”.

O parlamentar falou também sobre a insegurança na Universidade do Estado do Rio Grande do Norte (UERN) e solicita mais atenção do Governo.  “Toda semana se registra um arrastão na UERN de Mossoró. Espero que minha previsão esteja errada, mas em breve vão matar alguém lá dentro e o Governo precisa ter pressa para resolver essa situação”.


Na ocasião, Kelps Lima disse que oficiou a Secretaria de Tributação do Estado para saber os motivos pelos quais não concedeu a isenção de ICMS na aquisição de armas de fogo para uso de policiais militares e civis, agentes penitenciários, guardas municipais e Corpo de Bombeiros. “Os agentes de segurança precisam de armas novas. Se o secretário não responder, eu peço a convocação”.  

Nenhum comentário:

Postar um comentário