banner

banner

sexta-feira, 1 de setembro de 2017

Por falta de políticas públicas, carros elétricos no Brasil devem ser realidade somente em 20 anos

CARRO ELÉTRICO
Enquanto países como Alemanha e França fazem planos para ter frotas automotivas 100% elétricas, o Brasil ainda se mostra tímido em relação ao assunto. Além dos preços elevados de Electric Vehicles (EV) e híbridos – normalmente, acima da faixa de R$ 100 mil –, o País conta com pouquíssimos pontos de recarga até nos grandes centros urbanos. Esse fator deixa os motoristas inseguros em relação ao investimento em veículos movidos a energia elétrica.
“Os carros elétricos também são mais populares na Europa por conta das iniciativas oferecidas pelos governos, já que eles precisam bater metas de redução de CO2 até 2020. No Brasil, faltam políticas públicas para ajudar a divulgar os veículos híbridos e movidos à energia elétrica”, conta Ricardo Takahira, da Comissão Técnica de Veículos Elétricos e Híbridos da SAE BRASIL.

Nenhum comentário:

Postar um comentário