banner

banner

segunda-feira, 18 de dezembro de 2017

Contra ‘machismo’, Fórmula 1 pensa em abolir modelos do grid

F1
Tradição no mundo do esporte a motor, as grid girls podem estar com os dias contados na Fórmula 1. Os dirigentes da maior categoria do automobilismo mundial estão analisando se modelos devem ou não continuar participando das corridas.
“Estamos tentando respeitar todas as partes. Há muitas pessoas que gostam dessa tradição das grid girls, mas há outras que acham que isso já passou um pouco do tempo. Por isso, estamos avaliando”, disse à BBC Ross Brawn, diretor esportivo da Fórmula 1.
Não é de hoje que o tema é discutido. A categoria já tentou outras soluções como, por exemplo, usar modelos homens no GP de Monaco de 2015. A Liberty Media, empresa norte-americana que detém os direitos da F-1 desde o ano passado, já promoveu mudanças, mas as grid girls não são prioridade.

Nenhum comentário:

Postar um comentário