banner

banner

sábado, 23 de dezembro de 2017

Toffoli valida acordos de poupadores com Banco do Brasil e Itaú relativos aos planos econômicos

Gilmar Mendes, Dias Toffoli e Ricardo Lewandowski
O ministro Dias Toffoli, do Supremo Tribunal Federal (STF), homologou nesta segunda-feira (18) os acordos assinados entre poupadores e o Banco do Brasil e o Itaú relativos às perdas que sofreram com a mudança de planos econômicos entre o final dos anos 1980 e o início dos anos 1990.
Intermediados pela Advocacia Geral da União (AGU), os acordos envolveram as associações de poupadores e o setor financeiro. Os poupadores serão indenizados e os bancos poderão ter formas facilitadas de pagamento das perdas geradas pela inflação da época.

Nenhum comentário:

Postar um comentário