banner

banner

terça-feira, 13 de março de 2018

Aparelho desenvolvido por alunos da UFRN ajudará na detecção precoce do câncer de pele

alunos
Um grupo de estudantes da Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN) quer trazer uma novidade para a tecnologia no tocante à descoberta de câncer de pele, doença que corresponde a 30% de todos os tumores malignos registrados no país.
Os estudantes de Engenharia da Computação, Wysterlânya Kyury, Daniel Morais e Felipe Lopes, sob a tutela do professor Marcelo Fernandes, do Departamento de Engenharia de Computação e Automação, desenvolvem desde o primeiro semestre de 2017 uma ferramenta que pretende auxiliar os médicos na descoberta da pele não melanoma.
A aplicação, intitulada Smart Skin Cancer Identification (Identificação Inteligente do Câncer de Pele, em tradução literal) propõe um produto para o reconhecimento automático de câncer de pele por meio de imagens catalogadas numa rede neural. Essa rede terá um sistema de aquisição de imagens – que, em princípio, será um celular com uma lente específica acoplada à câmera – que vai capturar a mancha na pele do paciente e “comparar” com uma base de dados, afirmando, em poucos minutos, se aquela aparição na pele é ou não um câncer.

Nenhum comentário:

Postar um comentário