banner

banner

segunda-feira, 26 de março de 2018

Audiência propõe ações para melhorar atendimento a pessoas com epilepsia no RN

Depoimentos emocionantes e cobrança por soluções marcaram a tarde da Assembleia Legislativa nesta segunda-feira (26), Dia Internacional de Conscientização da Epilepsia. Em audiência pública proposta pela deputada Márcia Maia (PSDB), o Dia Roxo, como é lembrada a data, contou com ampla discussão acerca do tema.

"Essa data é de extrema importância e nos motiva a debater esse tema ao lado de representantes das áreas de saúde, educação e assistência social, além de pacientes e familiares. Nossa intenção é mais do que debater, é buscar alternativas para dar apoio e suporte à causa e à conscientização sobre a epilepsia", disse Márcia Maia.

Contando com a participação de representantes de movimentos voltados à conscientização sobre a epilepsia, a audiência pública teve depoimentos de mães de crianças que enfrentam diariamente os efeitos da doença. Atualmente, aproximadamente 50 milhões de pessoas no mundo sofrem de epilepsia, que é um tipo de transtorno mental crônico que afeta homens e mulheres de todas as idades. Segundo a Organização Mundial da Saúde (OMS), a epilepsia como uma das doenças neurológicas mais comuns no planeta.

De acordo com a deputada Márcia Maia, a falta de informação sobre o problema ainda é grande e, com isso, é mais difícil que ocorra junto à população o diagnóstico sobre o problema, assim como o atendimento adequado.

"Lamentavelmente, em grande parte desses casos não se consegue um controle adequado das crises, e muitos não chegam a receber tratamento algum, tanto por desconhecimento dos profissionais da área de saúde como por desinformação da população. Os dados revelam que três quartos das pessoas com a doença não recebem tratamento adequado – ainda que o transtorno responda aos remédios em até 70% dos pacientes", explicou a deputada.

Nenhum comentário:

Postar um comentário