banner

banner

sexta-feira, 23 de março de 2018

Sem brasileiros na F1, Nasr aponta falta de investimento do país e dispara

f1
Após 48 anos, a F1 não terá um piloto brasileiro em seu grid. Com a aposentadoria de Felipe Massa no final de 2017, a categoria ficou sem representantes tupiniquins, o que ressaltou alguns problemas do cenário nacional no automobilismo. Ex-F1 e hoje correndo — e fazendo bonito — no SportsCar, Felipe Nasr chegou a falar alguns dos motivos disso acontecer.
O brasiliense disputou a categoria máxima do automobilismo por duas temporadas. Em seu último ano, defendendo a Sauber, conquistou os únicos pontos da equipe após uma atuação de gala em um molhado e conturbado GP do Brasil de 2016.
Na época, terminou em nono, somando dois tentos. O resultado foi determinante para posicionar a equipe de Hinwil em décimo, um ponto à frente da Manor. E o top-10 no Mundial de Construtores rendeu aos cofres da escuderia uma boa premiação.

Nenhum comentário:

Postar um comentário