banner

banner

quinta-feira, 3 de maio de 2018

Com 22 pré-candidatos a presidente, eleição pode igualar recorde de 1989

eleições
A três meses e meio do último dia do prazo para que partidos apresentem ao TSE (Tribunal Superior Eleitoral) os registros de candidaturas à Presidência da República, o Brasil tem hoje 22 presidenciáveis. O número é igual ao de candidatos que disputaram a eleição presidencial de 1989, recorde na história do país.
Dos 22 pré-candidatos, 18 já foram anunciados por seus respectivos partidos. Os outros quatro já manifestaram interesse ou admitiram a possibilidade de concorrerem ao Palácio do Planalto, sendo dois do mesmo partido.
O presidente Michel Temer e o ex-ministro da Fazenda Henrique Meirelles disputam internamente quem será o representante do MDB na disputa presidencial. Já o ex-presidente do STF (Supremo Tribunal Federal Joaquim Barbosa se filiou ao PSB no início do mês para poder concorrer à Presidência.
O outro pré-candidato ainda não anunciado oficialmente pela legenda é Guilherme Afif Domingos, do PSD, que é presidente nacional do Sebrae (Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas). Coincidentemente, Afif disputou as eleições de 1989, pelo PL, e ficou em 6º lugar no primeiro turno, com 4,83% dos votos válidos.

Nenhum comentário:

Postar um comentário