banner

banner

terça-feira, 5 de junho de 2018

Ministério Público do RN investiga fraudes no seguro DPVAT

seguro-dpvat
Um cabo da Polícia Militar lotado na cidade de Macau, distante pouco mais de 170 quilômetros de Natal, foi afastado de suas funções públicas. Contra ele pesa a suspeita de participação em um suposto esquema de fraude contra o seguro DPVAT (Danos Pessoais Causados por Veículos Automotores de Vias Terrestres). Além dele, três mulheres também são investigadas.
De acordo com o comando da Polícia Militar, o cabo deve permanecer afastado até o final das investigações. Caso fique comprovada a participação dele nas fraudes, ele pode até ser expulso da corporação. A determinação para o afastamento, em atendimento a um pedido feito pelo Ministério Público, foi assinada pelo juiz substituto José Ronivon Beija-mim de Lima.

Nenhum comentário:

Postar um comentário