banner

banner

quinta-feira, 29 de novembro de 2018

À PF, Pezão diz que só ganhou sistema de som de Cabral

pezão
O governador do Rio de Janeiro, Luiz Fernando Pezão (MDB), negou em depoimento à Polícia Federal ter recebido propina de empreiteiros ou mesada de seu antecessor, Sérgio Cabral (MDB).
Pezão afirmou que a única coisa que recebeu do ex-governador foi um sistema de som, em 2008, como presente de aniversário. As informações sobre o depoimento foram dadas pelo advogado Flávio Mirza, que representa o emedebista.
O governador foi preso nesta quinta-feira (28) sob suspeita de participar e manter em sua gestão o esquema de corrupção montado por Cabral. O economista Carlos Miranda, delator e gerente da propina de Cabral, o apontou como beneficiário de uma mesada de R$ 150 mil durante a gestão do ex-governador (2007 a 2014).

Nenhum comentário:

Postar um comentário