banner

banner

sexta-feira, 14 de dezembro de 2018

Assembleia concede título de cidadão a três desembargadores do RN

Naturais da Paraíba, os desembargadores do Tribunal de Justiça do Rio Grande do Norte (TJRN) Cornélio Alves, Gilson Barbosa e Dilermando Mota são os novos cidadãos norte-riograndenses. Os títulos foram concedidos pela Assembleia Legislativa durante a sessão solene realizada na manhã desta sexta-feira (14), no plenário da Casa, numa iniciativa do presidente do Legislativo, deputado Ezequiel Ferreira de Souza (PSDB).

Em seu pronunciamento, o parlamentar destacou a atuação dos homenageados: “Ao longo de suas histórias, sempre defenderam, com absoluto destemor, as bandeiras e os valores mais elevados da justiça. Ao homenageá-los, reconhecemos o valor do trabalho, da dedicação, do amor por esta terra que sente orgulho dos filhos que a adotaram, pois aqui demonstraram ser de boa semente e seus frutos floresceram, visíveis aos olhos de toda nossa sociedade”, disse o presidente.

Falando em nome dos demais homenageados, o desembargador Dilermando Mota agradeceu a honraria e afirmou ser um reconhecimento à defesa dos valores da ética e da moralidade a serviço da legítima causa da justiça e do empenho da lei. “Essa homenagem a recebemos menos como uma deferência pessoal e honra prestada a nossa pessoa, mas como um reconhecimento ao papel da magistratura nesse Estado, na defesa dos direitos dos cidadãos”, disse.

Dilermando Mota é o atual presidente do Núcleo Permanente de Métodos Consensuais de Solução de Conflitos (Nupemec) do TJRN, órgão responsável pela política de conciliação no Estado. Iniciou sua carreira na magistratura em 1980 e, desde 2009 integra o Pleno do Tribunal de Justiça, onde também é membro da 1ª Câmara Cível. Presidiu o Tribunal Regional Eleitoral (TER/RN) entre setembro de 2016 e agosto de 2018. É natural de João Pessoa/PB e bacharel em Ciências Jurídicas pela UFPB.

Vice-presidente do TJRN, o desembargador Gilson Barbosa é magistrado desde 1982, tendo sido promovido ao Pleno do Tribunal de Justiça em 2013, pelo critério de antiguidade. Na instituição, preside a Comissão de Segurança Institucional. Natural de Pitimbu/PB, é bacharel em Direito pela UFRN e especialista em direito penitenciário, criminologia e direito penal.

Membro mais recente do Pleno do TJRN, o desembargador Cornélio Alves foi promovido pelo critério de merecimento, em 2015. Iniciou sua carreira na magistratura potiguar em 1988. É presidente da 1ª Câmara Cível e atual vice-presidente do TRE/RN. Natural de Brejo do Cruz/PB, é mestre em Direito pela Universidad Del País Vasco e bacharel pela UFRN. Exerceu por 15 anos a direção do Foro da Comarca de Mossoró.

Nenhum comentário:

Postar um comentário