banner

banner

quarta-feira, 12 de dezembro de 2018

Ciro Gomes vira réu em queixa-crime apresentada por Doria

ciro gomes
O ex-ministro da Integração Nacional (Governo Lula) e da Fazenda (Governo Itamar Franco) Ciro Gomes (PDT) virou réu em queixa-crime apresentada pelo governador eleito de São Paulo, João Doria (PSDB), por supostos crimes de calúnia e difamação. A queixa foi recebida pela juíza Simone de Faria Ferraz, da 16.ª Vara Criminal do Rio de Janeiro, e é a terceira movida pelo tucano contra o ex-candidato à Presidência.
A defesa de Doria alega que o pedetista teria caluniado e difamado o tucano em diversas ocasiões, chamando-o de “farsante”, “despreparado” e “engomadinho”. O advogado Fernando José da Costa cita evento na Universidade do Estado do Rio de Janeiro (UERJ) em maio de 2017 no qual Ciro teria dito que a fortuna de Doria veio de “lobby” e “tráfico de influência” e “dinheiro público dos governos do PSDB de São Paulo e Minas Gerais”.

Nenhum comentário:

Postar um comentário