banner

banner

terça-feira, 11 de dezembro de 2018

Pioneiro na cirurgia cardíaca, Ricardo Lagreca é o novo cidadão norte-riograndense

Pioneiro, no Rio Grande do Norte, na realização de cirurgias cardíacas, o médico Ricardo Lagreca recebeu a maior honraria concedida pela Assembleia Legislativa: o título de cidadão norte-riograndense. A solenidade, que lotou o plenário da Casa com deputados, amigos, familiares e companheiros de trabalho do homenageado, foi realizada na manhã desta terça-feira (11), através de uma proposição do deputado Ricardo Motta (PSB). O deputado destacou a atuação e pioneirismo de Lagreca não somente na medicina, mas na gestão pública nas instituições aonde atuou.

“Conceder ao doutor José Ricardo Lagreca de Sales Cabral, doutor Lagreca, como é mais conhecido, o título de cidadão norte-riograndense pelos relevantes serviços prestados ao nosso Estado, é fato que honra a esta Casa, e ao nosso mandato em particular. É para nós uma satisfação enorme”, afirmou Ricardo Motta.

Além do pioneirismo ao fundar e desenvolver o serviço de cirurgia cardíaca no Estado, o deputado destacou o trabalho realizado no Hospital Universitário Onofre Lopes, unidade que o homenageado dirigiu por 21 anos e participou ativamente do desenvolvimento do Sistema Único de Saúde (SUS), promovendo a integração do Hospital Universitário e de Ensino ao SUS.

Natural de Recife, foi há 41 anos, como professor visitante, que fundou e desenvolveu o serviço de cirurgia cardíaca do Hospital das Clínicas da UFRN, atualmente Hospital Universitário Onofre Lopes, realizando aproximadamente 500 cirurgias cardíacas. Ex-secretário de Saúde do RN, Lagreca deixou sua marca de perseverança e profissionalismo.

Em seu discurso de agradecimento, Ricardo Lagreca afirmou que a saúde pública do Rio Grande do Norte tem solução: “Basta saber que assim como Paulo Freire na Educação, a saúde pode dividir também ações de pés descalços”, disse. O médico iniciou destacando a atuação dos parlamentares na elaboração de leis e projetos que priorizam formas para o desenvolvimento e proteção dos cidadãos. Também mencionou passagens de sua trajetória profissional e encerrou: “A partir de agora estamos mais vinculados ainda pela afeição sincera e amor ao Rio Grande do Norte”, disse.

O médico também participou ativamente como cirurgião convidado do primeiro transplante de coração do Estado do Ceará e colaborou na implantação dos Programas de Transplantes Cardíacos em Recife, Maceió e Salvador. É médico pela UFPE, mestre em cirurgia cardiovascular e especialista em Gestão de Hospitais Universitários no SUS, pelo Sírio Libanês. “Que a entrega justíssima deste título seja, para além do reconhecimento dos imensuráveis serviços prestados ao Rio Grande do Norte, a representação de um abraço afetuoso e a mão estendida de todo o povo potiguar decorridos 42 anos de sua chegada à nossa Cidade do Sol”, encerrou o deputado.

Nenhum comentário:

Postar um comentário