banner

banner

sexta-feira, 14 de dezembro de 2018

Policiais do RN ameaçam cruzar os braços por falta de salário

PM
Associações de policiais militares do Rio Grande do Norte se reúnem na manhã desta sexta-feira, 14, para decidirem o que fazer após o Tribunal de Justiça do Estado ter negado a liberação de recursos de royalties para o pagamento dos servidores. A categoria não descarta cruzar os braços.
O encontro desta sexta, de acordo com o presidente da Associação dos Cabos e Soldados da PM, Roberto Campos, acontece na sede da Associação dos Oficiais Militares Estaduais do RN. “Só teremos uma definição do que vamos fazer após essa reunião”, enfatizou o policial.
“Não vamos aceitar essa situação calados e passivos. O que vier a acontecer nos próximos dias será culpa de todo mundo, menos dos servidores do Estado”, disse Campos em vídeo publicado por ele na internet.
O Governo do RN deve o 13º salário deste ano e também parte do direito referente ainda a 2017. O Estado trabalha para quitar a folha salarial de novembro.

Nenhum comentário:

Postar um comentário