banner

banner

quinta-feira, 6 de dezembro de 2018

STJ recebe denúncia contra juíza acusada de vender sentenças por app

WhatsApp
A Corte Especial do STJ (Superior Tribunal de Justiça) recebeu, nesta quarta-feira (5), uma denúncia por corrupção contra a desembargadora Sergia Maria Mendonça Miranda, do TJ-CE (Tribunal de Justiça do Ceará).
Trata-se de acusação de participação num esquema de venda de decisões judiciais com uso de mensagens WhatsApp, entre 2012 e 2013, envolvendo desembargadores do TJ-CE. Os fatos foram investigados na Operação Expresso 150, realizada pela Polícia Federal em 2016. Na denúncia, as ações foram dissociadas em “núcleos”, cada qual tendo um dos magistrados denunciados como principal artífice.
Segundo o MPF (Ministério Público Federal), o grupo utilizava o aplicativo para comercializar decisões liminares que eram concedidas pela desembargadora quando estava no plantão judiciário. As decisões favoreceriam clientes de advogados integrantes do grupo criminoso.

Nenhum comentário:

Postar um comentário