banner

banner

terça-feira, 27 de junho de 2017

Marília Mendonça faz doação de R$ 100 mil a instituição de Campina Grande

marilia-mendonca-doa-r100-mil-do-seu-cache-no-sao-joao-de-campina-grande
A cantora Marília Mendonça anunciou na noite de sábado (24) que vai doar R$ 100 mil para a instituição São Vicente de Paulo. A divulgação da doação aconteceu durante o show de estreia dela no Parque do Povo, em Campina Grande. A artista, conhecida como a “Rainha da Sofrência”, lotou o espaço. Todas as entradas foram fechadas.
Ela fez o anúncio depois de cantar várias canções de forró tradicional, como “Pagode Russo”, de Luiz Gonzaga. Em seguida, a cantora pegou o celular e leu um texto escrito por ela, que falava que pode não conhecer a cultura do Nordeste, mas que tem respeito por ela. “Aqui [no Nordeste] encontrei uma razão para continuar pelo Brasil. Aprendi sobre humildade, sobre garra e a lutar pelo que eu quero. O que eu quero está aqui. Não troco, não dou e não vendo o amor que tenho por vocês e que vocês têm por mim. Meu coração mora nessa terra e jamais vou abrir mão”.
Ao final do texto, a cantora revelou que “pensando muito nesse amor que eu tenho por vocês, não queria deixar só em palavras” e contou ao público que a instituição São Vicente de Paulo receberá R$ 100 mil. A irmã Maria do Rosário subiu no palco e recebeu um documento das mãos da artista. No documento, estava escrito que a transferência do dinheiro será realizada na segunda-feira (26). Marília disse que a entidade foi uma sugestão da sogra dela, que foi visitar o local.

Moro condena Palocci a 12 anos de prisão

palocci_SQQ7qbW
O ex-ministro Antonio Palocci foi condenado a 12 anos de prisão, nesta segunda-feira (26). A sentença foi proferida pelo juiz federal Sérgio Moro, responsável pelos processos da Operação Lava Jato na primeira instância.

Anvisa pode liberar vacinação em farmácias

vacina
A Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) está elaborando regulamentação que trata sobre os requisitos mínimos para o funcionamento dos serviços de vacinação no país. A norma já passou por consulta pública e, se aprovada, permitirá que farmácias apliquem vacinas. Entretanto, entidades médicas temem que a resolução possa precarizar o serviço de vacinação e colocar em risco a população.
Segundo a Anvisa, a permissão para farmácias disporem de vacinas está prevista na Lei nº 13.021/2014, que trata sobre o exercício e a fiscalização das atividades farmacêuticas, e, com ela, a regulamentação vigente sobre o controle sanitário para estabelecimentos privados de vacinação, se tornou insuficiente para farmácias e drogarias.
“A fim de diminuir o risco da população brasileira frente ao possível uso e administração inadequados de um medicamento tão peculiar quanto a vacina, principalmente em estabelecimentos que não têm um histórico antigo na prática da vacinação, a Anvisa propõe norma sanitária com requisitos mínimos para a prestação dos serviços de vacinação”, diz a Anvisa, na justificativa da proposta.

Trabalhadores têm até a próxima sexta-feira para sacar abono do PIS/Pasep 2015

pis pasep
Mais de R$ 1,083 bilhão estão disponíveis – até a próxima sexta-feira (30) – na Caixa Econômica Federal e no Banco do Brasil para trabalhadores e servidores públicos que tenham cumprido pelo menos 30 dias de trabalho em 2015. Cada um pode ter até R$ 937 a receber, o valor de um salário mínimo. No entanto, 1,83 milhão de pessoas ainda não foram reclamar os recursos.
Trata-se do abono dos programas de Integração Social (PIS) e de Formação do Patrimônio do Servidor Público (Pasep) relativo ao ano-base 2015. Caso o valor não seja sacado por quem de direito até o prazo final, será destinado ao Fundo de Amparo ao Trabalhador (FAT).
Têm direito ao abono, distribuído anualmente, os trabalhadores inscritos nos programas há pelo menos cinco anos, e que tenham trabalhado formalmente por pelo menos 30 dias no ano de referência, com remuneração mensal média de até dois salários mínimos. É necessário ainda que os trabalhadores tenham tido seus dados informados corretamente pelo empregador na Relação Anual de Informações Sociais (Rais).

Odebrecht usou ‘caixa três’ para financiar campanhas eleitorais

odebrecht
A Odebrecht usou empresas laranjas para fazer doações a políticos, durante as campanhas eleitorais de 2010 e 2014. Segundo os próprios executivos da empresa, em depoimentos ao Ministério Público Federal (MPF), durante as investigações da operação Lava Jato, a prática foi utilizada para não estourar o teto estabelecido por lei para doações e ainda para evitar cobranças de políticos preteridos.
No chamado caixa três, a Odebrecht usou duas empresas, a Praiamar e a Leyroz, ambas distribuidoras do grupo Petrópolis, fabricante da cerveja Itaipava, para direcionar R$ 5,5 milhões a 28 candidatos.
Um deles, o deputado Heráclito Fortes (PSB-PI), admitiu ser um dos beneficiados com o caixa três. “Eu declarei, foi tudo por dentro. Não sei por qual motivo a Odebrecht não quis dar o dinheiro e passou para outras duas empresas. Acho que havia muita pressão na época e ela não queria aparecer muito”, diz Heráclito.

Nélter Queiroz explica motivos do Governo não solucionar problemas nas estradas

O deputado Nélter Queiroz (PMDB) se pronunciou nesta terça-feira (27) sobre soluções para as estradas do Rio Grande do Norte, que segundo ele estão em péssimo estado. “Quero aqui deixar registrado que o atual Governo está tendo problemas para solucionar a questão das estradas porque o Governo passado desviou recursos, o que gerou dificuldades de liberação de investimentos na área”, explicou o deputado.

Ele também falou sobre o contrato do Governo do Estado com o restaurante Camarões para refeições para autoridades, que gerou polêmica nas redes sociais. Ele explicou que não há nada de errado com a licitação e ressaltou: “o governador Robinson vai ficar na história por ter acabado com a casa que hospedava o Governador do Estado (a residência oficial) onde era servido café, almoço, jantar”, disse o parlamentar.

Para Kelps, segurança no RN só tem solução se houver consciência do problema

O deputado Kelps Lima (Solidariedade) falou hoje (27) no plenário da Assembleia Legislativa que está preocupado com os conceitos do governador Robinson Faria (PSD), que em entrevista a um jornal local, disse que deixará um legado na Segurança Pública. Para o parlamentar, ele demonstra não reconhecer os problemas.

“Uma doença só tem tratamento, se primeiro reconhece estar com a doença. Pelo que ouvi na entrevista, ou o governador está mentindo ou simplesmente está delirando, porque o único legado que ele deixará são os anos mais violentos da história, o maior número de fugas, o maior número de assassinatos em presídios, a maior rebelião da história. São recordes de seu Governo”, disse ele.


Para Kelps, a declaração do governador na imprensa foi politiqueira e desrespeitosa com a sociedade. “Tem gente morrendo todos os dias, policiais fazendo rifa e mendigando comida  aos governos municipais. Se realmente o governador acredita que vai deixar um legado na segurança, então vamos nos preparar para mais um ano e meio de problemas sem soluções nessa área”, alertou o deputado, que citou o aniversário de 183 anos da PMRN parabenizando os policiais e afirmando que eles deveriam ser mais valorizados.

Deputado George Soares ressalta sucesso dos festejos de São João em Assu

O deputado estadual George Soares (PR) registrou, na sessão desta terça-feira (27), na Assembleia Legislativa, o sucesso que foram os festejos juninos no município de Assu. Segundo o parlamentar, as comemorações dizem respeito, há 290 anos, ao padroeiro do município, São João.

“Registro com alegria o momento de fé e tradição que o povo de Assu viveu, que foi o novenário de São João Batista”, disse George, lembrando que além dos nove dias de celebrações, o município festeja o padroeiro no clima de festa junina durante os 30 dias do mês. Mas, de acordo com o parlamentar, os festejos foram prejudicados por causa de ações da gestão passada, que permitiram que Assu perdesse a titularidade no Polo Costa Branca, ficando impedido de receber recursos do Ministério do Turismo.

“Assu perdeu R$ 250 mil reais”, relatou o deputado, lembrando que a festa também perdeu o patrocínio da Petrobras, que deixou de participar do evento como fazia tradicionalmente, após a crise e o envolvimento na operação lava jato. “Assu estava na iminência de não realizar a festa por falta de recursos”, afirmou George, ressaltando que a festa foi realizada por causa do esforço do atual prefeito Doutor Gustavo (PR).

“O município viveu, de forma surpreendente, um dos maiores festejos de São João de sua história. Foram mais de 30 apresentações, com artistas locais, além de bandas regionais e nacionais, como Bonde do Brasil e César Menotti e Fabiano, que reuniram quase 50 mil pessoas na praça”, comemorou o deputado, parabenizando a Polícia Militar, que garantiu uma festa tranquila e sem confusão, e a igreja católica, que organizou a parte religiosa do evento.

Caixa libera mais de R$ 37 bilhões de contas inativas

agencia caixa
Desde a liberação dos saldos de contas inativas do Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS), em março, a Caixa Econômica Federal (CEF) já pagou mais de R$ 37 bilhões aos trabalhadores. O valor representa 84,8% do total de recursos (R$ 43,6 bilhões) disponíveis.
Os saques da última fase, para nascidos em dezembro, começam em 14 de julho e terminam para todos os trabalhadores no dia 31. Ao todo, 22,1 milhões de pessoas retiraram os valores, o que equivale a 79,7% das 27,7 milhões de pessoas que nasceram entre janeiro e novembro têm direito a sacar os saldos.

Pesquisa mostra que para 81% Joesley deveria ter sido preso

joesley-batista-jf-holding-2012-6
Pesquisa feita pelo Datafolha indica que o acordo de colaboração premiada fechado pela Procuradoria-Geral da República com os donos da JBS foi mal recebido por 64% da população. A negociação com Joesley e Wesley Batista previa multa, mas não a prisão dos delatores.
Para 81% dos brasileiros, no entanto, os irmãos deveriam ter sido detidos pelos crimes que confessaram. Além disso, 83% dos entrevistados acreditam que houve envolvimento direto do presidente Michel Temer nos escândalos de corrupção revelados pelos irmãos Batista. A pesquisa foi realizada de 21 a 23 de junho com 2.771 entrevistados e a margem de erro é de dois pontos porcentuais.

Com apenas 7% de aprovação, Temer amarga a menor marca em 28 anos, diz Datafolha

download (7)
O Governo do presidente Michel Temer é bom ou ótimo para apenas 7% da população é o que aponta pesquisa Datafolha publicada neste sábado, 24, pela Folha de São Paulo. A gestão Temer é considerada ruim ou péssima por 69% do eleitorado e regular por 23%.
De acordo com o Datafolha, esta é a menor marca registrada em 28 anos. Segundo o instituto, somente José Sarney (PMBD) ficou abaixo desse patamar. Em setembro de 1989, o ex-presidente tinha apenas 5% de aprovação, em meio à crise da hiperinflação.
A impopularidade de Temer aumentou desde que veio a público a delação da JBS, que jogou o presidente no centro da crise política nacional.

Sindicatos divergem sobre greve geral e desistem de mobilização no dia 30

greve UFRN
Após três horas de reunião, dirigentes de nove centrais divulgaram nota em que apresentam um calendário de mobilizações, mas sem usar a expressão greve geral.
Dirigentes de Força Sindical, UGT, Nova Central e CSB deverão se reunir na semana que vem com o presidente Michel Temer. CUT e CTB poderão ser convidadas. “Vamos parar o Brasil”, diz a nota.
Pesou para a decisão a constatação de que os trabalhadores da área de transportes, especialmente os de São Paulo, não parariam no dia 30. Os metroviários resistiram sob argumento de que foram punidos com perda de quatro dias de salário em decorrência da greve do dia 28 de abril.

“O povo brasileiro paga um preço muito alto pelo golpe”, afirma Mineiro

Citando a denúncia do presidente Michel Temer (PMDB) pelo crime de corrupção passiva por parte do procurador-geral da República, Rodrigo Janot, o deputado Fernando Mineiro (PT) fez pronunciamento na sessão plenária desta terça-feira (27) e convocou a população a sair às ruas no próximo ato de protesto. Mineiro afirmou que os brasileiros não podem ser indiferentes ao momento atual e que os representantes do povo não podem ser cúmplices do “caos” que se instalou no País.

“Não podemos ser cúmplices com a indiferença da sociedade e o descalabro que se instalou no Brasil com a saída de uma presidente honesta. Pela primeira vez temos no Brasil um presidente denunciado por esse tipo de crime, induzido por grande parte da mídia e pela sociedade que apoia esse setor golpista”, afirmou o parlamentar.

Mineiro questionou sobre qual a maior gravidade: “as pedaladas fiscais” que levaram a presidente Dilma Rousseff a sofrer impeachment ou os crimes pelos quais o presidente Temer está sendo acusado. O deputado também orientou os potiguares a cobrarem posicionamento dos representantes do RN no Senado e Câmara, caso haja votação pela perda do mandato de Temer.


“Eu sugiro aqui que todos leiam as 64 páginas onde constam as ações, denúncias, provas e crimes cometidos pelo ´espoliador da República´ de março de 2016 até abril deste ano. Onde estão aqueles que diziam que ao tirar Dilma a corrupção seria varrida do Brasil e o desenvolvimento retornaria, fraudando a vontade do povo”? questionou o deputado.

Ezequiel Ferreira requer programas habitacionais para municípios do Seridó

Preocupado com o déficit habitacional que chega a marca de 140 mil moradias no Rio Grande do Norte, o presidente da Assembleia Legislativa, deputado Ezequiel Ferreira de Souza (PSDB) está propondo a implantação em municípios da região Seridó de dois programas governamentais, voltados para o combate a esse déficit: o Moradia Cidadã, em suas duas vertentes Servidor e Municípios e o Cartão Reforma.


Os municípios a serem beneficiados, de acordo com os requerimentos encaminhados ao Governo do Estado são Ouro Branco, Lagoa Nova e Santana do Matos. “Esses municípios necessitam dos programas que são prioritários no enfrentamento do déficit habitacional. O Moradia Cidadã proporciona financiamento residencial aos servidores do Estado que podem assumir uma parcela mensal de baixo custo. Desse montante será alimentado um fundo de reserva para contemplar, também, as famílias de baixa renda no interior’, justifica o Ezequiel Ferreira.

Perícia da PF conclui que aúdio da conversa entre Temer e Joesley não sofreu edição

são Paulo, SP 17 de Abril de 2015. BRASIL ECONOMICO. Na foto o Vice presidente Michel Temer. Foto: Murillo Constantino
O laudo da perícia da Polícia Federal que analisou as gravações da conversa entre o empresário Joesley Batista, dono da empresa JBS, e o presidente Michel Temer e os gravadores usados pelo empresário aponta que não houve edição de conteúdo, ou seja, não houve manipulação nos diálogos.
A informação foi confirmada por duas fontes envolvidas na investigação. A perícia oficial contesta a perícia contratada pela defesa de Michel Temer, do perito Ricardo Molina, que apontou entre 50 e 60 “pontos de obscuridade” e “mascaramentos” na gravação (leia mais informações sobre a perícia de Molina ao final desta reportagem).
Investigadores afirmam que os peritos da Polícia Federal encontraram pontos de descontinuidades técnicas, ou seja, variações no sinal de áudio, provocadas por questões técnicas, sem sinais de fraude ou edição. O laudo acrescenta que as conversas de Joesley com o presidente têm lógica e coerência. De acordo com o laudo da PF um dos dois gravadores que o empresário apresentou à PF foi, de fato, utilizado para registrar a conversa.

Governo estuda usar FGTS para substituir os primeiros meses do seguro-desemprego

saque fgts
O governo estuda reter parte do FGTS dos trabalhadores demitidos sem justa causa para economizar com o pagamento do seguro-desemprego. A medida, em discussão no Ministério do Planejamento, prevê o parcelamento do saque da conta vinculada ao Fundo e da multa de 40% em três meses. Os valores mensais seriam equivalentes ao último salário auferido pelo trabalhador na empresa. A ideia é que, se passados três meses sem conseguir outra colocação, ele possa dar entrada no pedido de seguro-desemprego.
Caso esse trabalhador consiga um novo emprego no segundo mês após o desligamento, por exemplo, poderá antecipar o saque, recebendo a diferença de uma única vez. Atualmente, os trabalhadores demitidos sem justa causa têm direito ao saque imediato e integral da conta do FGTS e da multa dos 40% (paga pelos empregadores e que incide sobre o saldo total).

Brasileiros já sacaram R$ 37 bilhões de contas inativas do FGTS

agencia caixa
Os brasileiros já sacaram R$ 37 bilhões de contas inativas do FGTS (Fundo de Garantia do Tempo de Serviço) até o dia 21 de junho, informou a Caixa Econômica Federal. Esse número representa 84,8% do total de recursos disponível para resgate (R$ 43,6 bilhões), de acordo com a Caixa.
Os saques foram feitos por pessoas nascidas entre janeiro e novembro, de acordo com o calendário de liberação de recursos, que vai até 31 de julho.
Ao todo, 22,1 milhões de trabalhadores já sacaram os recursos. Esse número representa 79,7% das 27,7 milhões de pessoas nascidas entre janeiro e novembro que têm contas inativas do FGTS disponíveis para o saque.

Sessão solene na Assembleia Legislativa presta homenagem a Pastores do RN

A Assembleia Legislativa homenageou nesta terça-feira (27), durante sessão solene na Casa, o Dia do Pastor, comemorado anualmente no mês de junho. A solenidade foi proposta pelo deputado estadual Jacó Jácome (PSD), que destacou o trabalho importante dos pastores no processo de evangelização e ressaltou que, na bíblia, os líderes são comparados com pastores, porque guiam e cuidam do povo.

“Vivemos uma era em que o pastoreio é primordial. Sem pastores não há igrejas, sem igrejas não há orientação e estímulo à pratica da fé e da crença em Deus. O pastor tem valores cristãos, referenciais morais e sobretudo fé, transmitida ao rebanho, neste tempo em que Deus e seus ensinamentos desaparecem na mente de pessoas que cometem barbaridade cotidianamente”, disse Jacó.

O deputado, que faz parte da bancada evangélica no Estado, falou que essa homenagem se dá não pelo título que os pastores levam em suas lapelas, mas pelo serviço que prestam ao reino de Deus e a sociedade.


Em seu pronunciamento, o deputado afirmou que o pastor tem a responsabilidade de acompanhar um rebanho comprado ao preço do sangue de Cristo. “Para nós cristãos, trata-se de um extraordinário ministério delegado por Deus àqueles que estão aptos a cumprir o honroso trabalho de elevar vidas, orientar e conduzir pessoas no âmbito espiritual”, declarou.

Presidente Ezequiel firma parceria com Ampern para programa na TV Assembleia

O presidente da Assembleia Legislativa do Rio Grande do Norte, deputado Ezequiel Ferreira de Souza (PSDB), firmou convênio com a Associação do Ministério Público do Estado do Rio Grande do Norte (AMPERN) para a transmissão, pela TV Assembleia, do programa televisivo da instituição. A assinatura aconteceu na manhã desta terça-feira (27).

“Para nós é uma alegria disponibilizar esse espaço na grade da TV para o Ministério Público, assim como temos convênios com o Tribunal de Justiça, Tribunal de Contas, entre outras instituições”, afirmou Ezequiel Ferreira. Na ocasião, o parlamentar anunciou que a atual gestão pretende ampliar o sinal da TV Assembleia, que passará a oferecer uma cobertura de até 82% dos municípios potiguares.

Representando a AMPERN, compareceu à assinatura do convênio o presidente da associação, promotor Fernando Vasconcelos. Também participaram o Secretário Geral do Legislativo do RN, Augusto Carlos Viveiros;  o presidente da Fundação Djalma Marinho, Júlio César Queiroz e o diretor da TV Assembleia, Bruno Giovanni.

Gustavo Fernandes solicita casas populares para o interior do Estado

Com o objetivo de proporcionar moradia digna à população de baixa renda, o deputado Gustavo Fernandes (PMDB) está solicitando ao Governo do Estado, através da Companhia Estadual de Habitação e Desenvolvimento Urbano de Interesse Social (CEHAB), a construção de casas populares. O pleito contempla municípios de várias regiões do Estado.

“Muitos potiguares ainda vivem em condições precárias. O programa Moradia Cidadã é uma prioridade da atual gestão no enfrentamento ao déficit habitacional em nosso Estado, que hoje é de cerca de 120 mil moradias”, justifica Gustavo.


As solicitações foram enviadas para os municípios de Nova Cruz, Luís Gomes, João Câmara, Major Sales, São João do Sabugi, Martins, Lagoa D´Anta, Caiçara do Rio do Vento, Apodi e Portalegre. O programa Moradia Cidadã também incentiva obras dos programas Minha Casa Minha Vida e de Subsídio à Habitação de Interesse Social (PSH).